Translate/Tradutor

15 de abril de 2017

Dislexia e disléxicos - Como Estrelas na Terra.


A Dislexia ocorre muito na primeira infância. Veja os sinais:

1 - atraso no desenvolvimento motor desde a fase do engatinhar, sentar e andar;
2 - atraso ou deficiência na aquisição da fala, desde o balbucio á pronúncia de palavras;
3 - parece difícil para essa criança entender o que está ouvindo;
4 - distúrbios do sono;
5 - enurese noturna;
6 - suscetibilidade à alergias e à infecções;
7 - tendência à hiper ou a hipo-atividade motora;
8 - chora muito e parece inquieta ou agitada com muita freqüência;
9 - dificuldades para aprender a andar de triciclo;
10 - dificuldades de adaptação nos primeiros anos escolares.

A Partir dos Sete Anos de Idade:

1 - pode ser extremamente lento ao fazer seus deveres:
2 - ao contrário, seus deveres podem ser feitos rapidamente e com muitos erros;
3 - copia com letra bonita, mas tem pobre compreensão do texto ou não lê o que escreve;
4 - a fluência em leitura é inadequada para a idade;
5 - inventa, acrescenta ou omite palavras ao ler e ao escrever;
6 - só faz leitura silenciosa;
7 - ao contrário, só entende o que lê, quando lê em voz alta para poder ouvir o som da palavra;
8 - sua letra pode ser mal grafada e, até, ininteligível; pode borrar ou ligar as palavras entre si;
9 - pode omitir, acrescentar, trocar ou inverter a ordem e direção de letras e sílabas;
10 - esquece aquilo que aprendera muito bem, em poucas horas, dias ou semanas;
11 - é mais fácil, ou só é capaz de bem transmitir o que sabe através de exames orais;
12 - ao contrário, pode ser mais fácil escrever o que sabe do que falar aquilo que sabe;
13 - tem grande imaginação e criatividade;
14 - desliga-se facilmente, entrando "no mundo da lua";
15 - tem dor de barriga na hora de ir para a escola e pode ter febre alta em dias de prova;
16 - porque se liga em tudo, não consegue concentrar a atenção em um só estímulo;
17 - baixa auto-imagem e auto-estima; não gosta de ir para a escola;
18 - esquiva-se de ler, especialmente em voz alta;
19 - perde-se facilmente no espaço e no tempo; sempre perde e esquece seus pertences;
20 - tem mudanças bruscas de humor;
21 - é impulsivo e interrompe os demais para falar;
22 - não consegue falar se outra pessoa estiver falando ao mesmo tempo em que ele fala;
23 - é muito tímido e desligado; sob pressão, pode falar o oposto do que desejaria;
24 - tem dificuldades visuais, embora um exame não revele problemas com seus olhos;
25 - embora alguns sejam atletas, outros mal conseguem chutar, jogar ou apanhar uma bola;
26 - confunde direita-esquerda, em cima-em baixo; na frente-atrás;
27 - é comum apresentar lateralidade cruzada; muitos são canhestros e outros ambidestros;
28 - dificuldade para ler as horas, para seqüências como dia, mês e estação do ano;
29 - dificuldade em aritmética básica e/ou em matemática mais avançada;
30 - depende do uso dos dedos para contar, de truques e objetos para calcular;
31 - sabe contar, mas tem dificuldades em contar objetos e lidar com dinheiro;
32 - é capaz de cálculos aritméticos, mas não resolve problemas matemáticos ou algébricos;
33 - embora resolva cálculo algébrico mentalmente, não elabora cálculo aritmético;
34 - tem excelente memória de longo prazo, lembrando experiências, filmes, lugares e faces;
35 - boa memória longa, mas pobre memória imediata, curta e de médio prazo;
36 - pode ter pobre memória visual, mas excelente memória e acuidade auditivas;
37 - pensa através de imagem e sentimento, não com o som de palavras;
38 - é extremamente desordenado, seus cadernos e livros são borrados e amassados;
39 - não tem atraso e dificuldades suficientes para que seja percebido e ajudado na escola;
40 - pode estar sempre brincando, tentando ser aceito nem que seja como "palhaço" ;
41 - frustra-se facilmente com a escola, com a leitura, com a matemática, com a escrita;
42 - tem pré-disposição à alergias e à doenças infecciosas;
43 - tolerância muito alta ou muito baixa à dor;
44 - forte senso de justiça;
45 - muito sensível e emocional, busca sempre a perfeição que lhe é difícil atingir;
46 - dificuldades para andar de bicicleta, para abotoar, para amarrar o cordão dos sapatos;
47 - manter o equilíbrio e exercícios físicos são extremamente difíceis para muitos disléxicos;
48 - com muito barulho, o disléxico se sente confuso, desliga e age como se estivesse distraído;
49 - sua escrita pode ser extremamente lenta, laboriosa, ilegível, sem domínio do espaço na página;
50 - cerca de 80% dos disléxicos têm dificuldades em soletração e em leitura.

Crianças disléxicas apresentam combinações de sintomas, em intensidade de níveis que variam entre o sutil ao severo, de modo absolutamente pessoal. Em algumas delas há um número maior de sintomas e sinais; em outras, são observadas somente algumas características. 


Procure um pediatra para primeira avaliação e encaminhamento ao especialista.
Assista esse vídeo "Como Estrelas na terra" postado no Youtube.



Dados expostos aqui estão nos sites abaixo:

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=u499AVT-eTc - Acesso em 14/04/2017;

Imagem - http://www.dislexclub.com/categoria/dislexicos/ - Acesso em 14/04/2017.

Sites - http://www.dislexia.com.br/sintomas.htm e  http://www.dislexia.org.br/ - Acesso em 14/04/2017.

11 de abril de 2017

Dica de Livro: Os ataques do inimigo às crianças.


Esse é livro de cabeceira a qualquer pessoa que quer trabalhar com Ministério Infantil. Não vá pensando que é só entrar numa salinha, ficar com as crianças enquanto os pais estão no culto, contar um historinha, cantar uma musiquinha e tá tudo certo com um lanchinho. Departamento Infantil vai além!

Conheça as necessidades de suas crianças. Proteja-as!


Nós tivemos a honra de conhecer Gilberto Celeti pessoalmente e conversar com ele no Seminário organizado pelo MCI - Ministério Cristão Infantil em São Paulo, quando palestrava sobre seu outro livro A, E, I, O U. Homem de Deus com uma visão peculiar e significativa sobre cuidados que devemos ter quando lidamos com crianças. Vale a leitura!

Páscoa na Escola Bíblica: Uma aula deliciosa com Tia Joaninha.


Páscoa chegando!
Não sabe o que fazer com suas crianças?
Primeiro, pare com a mania feia de tudo copiar da Internet.
Ore a Deus! Tenha criatividade!
No mais, acesse a rede de computadores e busque sim material de apoio.
Deixamos um site com várias imagens para você trabalhar o Cordeiro nas aulas de EBD e um vídeo da Tia Joaninha que é sensacional.





10 de abril de 2017

Tia Xicosa, Cristina Mel e Vaneyse estarão na Marcha pela vida das crianças.



Marchar pela Vidas das Crianças - CRIANÇA BRINCA MAS NÃO É BRINQUEDO!

Dia 28 de Maio a partir das 09h da manhã - PRAIA DE COPACABANA - 09H - POSTO 5

Você que ama as Crianças não pode ficar de fora.



Estarão presente muito mais evangelistas de crianças, todas com os mesmo objetivo: proteger crianças da exploração sexual infantil.

Faça uma escola dominical diferente. Vamos juntos para Copacabana. Deus fará proezas neste dia e que nossos políticos executem leis que realmente protejam nossos meninos e meninas.

29 de março de 2017

Prevenção de Acidentes: Salve vidas de bebês.

Foto: Blog Dia a Dia Novo Palmares
Como já dissemos em postagens anteriores, vários e-mails tem chegado com pedido de matérias. Uma delas é sobre os bebês e crianças menores de três anos. Um dos assuntos que escolhemos é sobre prevenção de acidentes.

Com certeza, você já leu muitos artigos a respeito, mas lhe darei alguns exemplos práticos de que basta piscarmos, para que um acidente aconteça.

1 - Nunca deixe a criança sozinha em qualquer local de casa ou da creche, nem em lugares escuros. Primeiro que elas são incríveis em se colocar em situações de perigo e segundo porque aprontam mesmo.

2 - Não deixe as crianças subirem e descerem escadas sozinhas. Se elas ainda não possuem maturidade psicomotora, ajude-as a descer sentadas. Se elas ainda possuem medo, ajude-as e incentive a descer segurando as paredes, mas nunca as deixe sozinhas.

Outras dicas importantes sobre escadas é...
- Não permitir brincadeiras na escada; evitar que desçam ou subam segurando objetos e mantenha as portas fechadas.

3 - Não permita que as crianças subam em janelas ou lugares altos. Não incentive, pois quando você não estiver olhando, ela subirá.

4 - Esteja sempre perto de escorregas, principalmente quando estiverem fora deles e de balanços também. Meu filho mais velho quase quebrou o nariz aos três anos porque passou atrás de um balanço, bem na hora que a criança voltava com a cadeira. Foi muito sangue, um susto incrível, nariz e olhos inchados por quase uma semana e muito anti-inflamatório. Então, esteja perto!

5 - Evite que crianças brinquem com portas. As chances de prenderem o dedo supera 80%. Acreditem, não vão querer ver um dedo prensado ou quebrado.

6 - Compre brinquedos adequados a idade. Evite brinquedos pequenos como Lego. Chaves, moedas, botões, grãos, etc. Nenhuma criança merece passar por uma cirurgia só para retirar um objeto desses. Se podemos evitar... Não custa comprar ou dar o brinquedo certo.

7 - Lugar de criança não é na cozinha, a não ser que supervisionada por um adulto em casos extremamente isolados. Temos até um post aqui "Lugar de Bebê é na Cozinha". No entanto, quando dizemos que lugar de criança não é na cozinha é no sentido de não permitir que circulem próximo ao fogão com panelas no fogo. É no sentido de não deixá-las mexer nos botões de acendimento liberando gás no ambiente; é no sentido de não deixarmos que mexam nos produtos químicos de limpeza que alguns de nós guardamos embaixo das pias... Entenderam! Não vale a pena uma queimadura.

8 - Verificar se as tomadas antigas (que você já devia ter trocado pelas novas) estão com protetor. Vamos evitar os choques indesejáveis!

9 - Quando for brincar de massinha ou com pinturas, não esqueça de comprar material não tóxicos. Não queira que uma de suas crianças venha a levar à boca algo que vai trazer muita dor de cabeça no hospital.

10 - Tenha cuidado com a temperatura da mamadeira e da água do banho. Você não vai querer boquinhas queimadas ou bebês gritando no banho.

Essas dicas parecem bobas, mas salvam vidas!

A imagem no início deste post está em:

28 de março de 2017

A importância da Higiene no Berçário.

Foto: JUREHDER/Infográficos JC

Uma atividade muito importante em creches é a higienização do local, dos aparelhos que são utilizados, dos funcionários e das crianças. Só assim, a saúde se manterá e a possibilidade de uma bactéria atacar crianças e funcionários será bem menor.

Este post é a pedido de leitores que enviaram e-mail's e uma boa lembrança de um curso que fiz pela SAMES (Serviço Médico Escolar e Empresarial Ltda.). Uma vez, uma das crianças pegou uma bactéria que causava muita diarreia e acabou espalhando em nós funcionários na creche que trabalhei na época. Parecia um surto. Das 20 crianças do berçário e quatro funcionárias, ficamos reduzidas a 8 crianças e duas funcionárias em períodos longos. Não foi fácil. Então, você que ainda trabalha na área. Cuide-se!

Eis algumas dicas da SAMES sobre a importância da HIGIENE no berçário de qualquer escola:

- Higiene dos funcionários: é importante que cada funcionário, principalmente os que lidam com bebês, de se manterem limpos; devem lavar as mãos sempre que necessário, manter as unhas aparadas e limpas e manter os cabelos presos, principalmente, durante as refeições. O uso das tocas e protetores de sapatos no berçário é primordial.

Isso, porque se um funcionário pegar alguma bactéria, esta pode ser repassada aos colegas ou mesmo às crianças. É preciso extremo cuidado. Pode parecer bobeira, mas não é!

- Higiene das crianças: lavar rostos e mãos sempre que necessário; dar banhos de rotina, mínimo dois se a criança ficar em período integral; limpar as meninas de frente para trás, evitando a contaminação da vagina com as fezes e escovar os dentes após as refeições; no caso de crianças que usam fraldas, os cuidados são ainda maiores e é necessário  e melhor lavar com água e sabão do que usar lenço umedecido. Lembrando que o funcionário deve lavar bem as mãos depois e higienizar-se com álcool 70%.

- É bom lembrar aos pais que seus filhos devem ter seu material pessoal, mas é melhor ainda lembrar aos funcionários de não misturarem o kit das crianças. Nada de um shampoo para todos, um sabonete líquido para todos... Cada um com o seu, até porque, nós, mães, sabemos o cheirinho de nosso filho tá!

- Em caso de corizas, jamais use lenço de pano. Só serve para proliferar mais germes. Use lenço de papel.

- Lembre de higienizar os brinquedos diariamente com água e sabão.

- Lembre que após a troca dos bebês, o trocador deve receber limpeza com álcool.

- Se os bebês usam a banheira, esta deve ser higienizada a cada criança que acabar seu banho.

- Mamadeiras e chupetas devem ser esterilizadas sempre que necessário e aquelas que já estão em tempo de troca devem ser notificadas aos pais por meio da agenda. 


16 de março de 2017

Letras para Impressão.


Devido a vários pedidos por e-mail, apesar de achar que tem blogs demais divulgando este tipo de material, atendemos aos pedidos e postamos as letras que usamos em nossos moldes na confecção de recursos visuais.














A dica que dou é você cortar estes moldes em chapas de RX, que duram mais e você poderá utilizar várias vezes sem perda dos moldes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge