Translate/Tradutor

18 de fevereiro de 2012

O CARNAVAL e as Crianças Evangélicas!

Explicando na prática a cultura mundana do Carnaval.
Postagem feita em 18/02/2012.
Atualizada em 28/02/2017.

Fevereiro é o mês em que os filhos de evangélicos "sofrem" muito entre os coleguinhas nas escolas. Às vezes, até entre a família o assunto: "Carnaval" gera conflito! É o feriadão mais esperado do ano por muitos servos de Deus que desfrutam de um retiro ou viagens com a família. 

Tratar desse assunto com crianças que recebem textos escolares, brincadeiras de roda e fantasias dentro de sala de aula já é difícil, dirá lidar com as crianças que não viajam, que não saem em retiros e, na Escola Bíblica Dominical fazem um "mundarel" de perguntas. Algumas entendem muito bem o posicionamento de seus pais. Outras, estão num conflito interno e não vão, mas dançam ao ouvir as músicas. Os pais dizem que é pecado e que é do mal, mas assistem os desfiles na TV.

O que me fez escrever este texto foi o fato de somente nossa família servir a Deus. Nossa parentela é espírita e alguns desfilam nas Escolas de Samba. Outro fator é que meu filho mais velho, hoje com 11 anos, na época questionava muito o fato dos primos participarem de bailes de Carnaval e ele não. Perguntava muito sobre os desfiles e como se faziam as fantasias. Começou a questionar demais e a entender de menos.

Como moramos próximo a Marques de Sapucaí, na época, eu decidi dar um "Tratamento de Choque", digamos assim... Na verdade, nada demais! Apenas fiz o que meus pais fizeram quando eu era pequena. O levei na concentração das Escolas de Samba que desfilariam naquela noite. Fomos acompanhados da parentela não cristã e abordamos este assunto tão natural a qualquer brasileiro de uma forma bem divertida através de uma Escola de Samba que retratava filmes famosos de Hollywood.

A verdade é que ele muito pequeno, talvez, não tenha entendido muito na época, mas conforme foi crescendo e vendo as fotos, relembrando tudo que falamos... Foi associando biblicamente os ensinamentos que lhe dei sobre idolatria, o erro de amar dois deuses e os conflitos com a cultura pagã do universo carnavalesco que gera muitas consequências.  

Daí, uma irmã que já dorme no Senhor me deu a ideia de postar a minha experiência e ajudar outros a encontrar modos menos radicais, digamos assim. O fato é que eu precisava explicar, aos olhos evangélicos, que Carnaval é uma cultura pagã que nada tem a ver com Brasil e que foi apenas adaptado devido a questões históricas por nossos antepassados. Precisava explicar porque os coleguinhas saiam fantasiados e ele não sem confundir a cabeça dele e de meus alunos na Escola Bíblica Dominical. Afinal, nossos pequenos que tão naturalmente têm acesso nas escolas a este assunto precisavam entender como algo tão cultural de nosso país é visto de forma diferente biblicamente.

A verdade é que Carnaval é abominável para nós evangélicos. Lemos muitos artigos, em vários blog´s sobre como abordar esse assunto com as crianças em uma Escola Bíblica Infantil. No entanto, encontramos muito radicalismo. Sinceramente, exagerados! Não aprovamos o Carnaval! Particularmente, esta autora que vos escreve nunca gostou, apesar de ter ido muitas vezes assistir as Escolas de Samba com os pais (Não-evangélicos e amigos) na Sapucaí aqui no Rio de Janeiro.

Vários bailes infantis fizeram parte de nossa trajetória enquanto pequena e não-evangélica nos clubes que nossa responsável nos levava. Essas experiências aliada a Palavra de Deus nos ajudaram a falar sobre esse assunto com nossas crianças nas aulas de escola bíblica, abordando de uma maneira bem simples através do uso do teatro para conscientizar crianças evangélicas sem torturá-las com proibições.

Proibições no sentido de: "Não vai e pronto"; "Não pode"; "É do diabo"... Isso sem explicar num contexto bíblico que valorizasse a Palavra de Deus sem causar aversão à igreja e aos ensinamentos bíblicos. Por isso, é preciso muito cuidado na hora de abordar este assunto, pois o que recebem de informação aos seis, sete anos de idade será marcado em sua mente para ações na adolescência e juventude.




Comunidade da Zona Sul desfila na Avenida Rio Branco há anos, levando a Palavra de Deus àqueles que precisam de um evangelismo estratégico e nenhuma criança que participa da ala infantil deixa de entender que Carnaval não é de Deus. E leia-se: não é bagunça não! O trabalho é organizado. Conheço uma pessoa que já trabalhou na CEIZS Flamengo e afirmou que são famílias que desfilam e muitas almas têm sido arrebatadas, principalmente os parentes, ao aprisco do Senhor Jesus! Então, radicalismo do tipo: "Carnaval não é para você menino!", "O diabo vai tá lá!", "Você não vai e pronto" só causam revolta e levam esta criança de hoje a desviarem-se mais tarde porque querem ir para bailes ou desfiles. 

O importante é que elas entendam que Carnaval não é parte de nossa vida cristã, porque não é bíblico e porque ofende a Palavra de Deus em vários aspectos. Não faço apologia ao Carnaval. Não o defendo! É festa carnal, é pagã e não tem nada de Jesus no meio desta festa. No entanto, devemos ter estratégias para falar sobre esse assunto e levar nossos filhos a entenderem que não é parte do que acreditamos, apesar de estar em nosso calendário, em aulas nas escolas, em assuntos entre amigos, porque para nossos pequenos... Carnaval é apenas sinônimo de festa.

O que devemos levar em conta e expressar aos pequeninos... É que Jesus Cristo veio para salvar a todos e tem um plano com quem cria as fantasias, com quem cria os carros de carnaval, com quem canta as letras, com quem toca na bateria e que ele os ama, ainda que não saibam e que o o Plano de Deus é perfeito e irá alcançá-los no tempo certo!

Se neste fim de semana for ter EBD Infantil em sua igreja, prepare uma aula em que os louvores sejam alegres e que contenham gestos ou sejam fáceis de cantar e dançar. Leve instrumentos de percussão. 

O que posso deixar aqui como satisfatório é que a base da Palavra está firmada e nenhum desejo se manifestou em meu filho que foi àquela concentração de querer estar lá hoje. Vejam algumas das fotos que tirei dele com a prima naquela época.

Fantasias com tema de filmes!


O sucesso Avatar na Sapucaí em 2011.


Transformers


Adriel em fim de visitação a Concentração da Sapucaí no Rio de Janeiro!
Esse momento foi legal, porque gostamos muito de filmes e muitos dos carros expostos eram de filmes que já tínhamos visto. Ficou até mais fácil de associar à Palavra de Deus. Alguns irmãos acharam que fomos muito loucos em levá-lo à Sapucaí na época, porque assim como ele podia entender nossa mensagem, podia curtir mais o Carnaval e querer ir de novo. Entretanto, tudo que é feito com oração e propósito, Deus toma a frente e o Espírito Santo cuida de tratar. Graças a Deus, o feriado passa como uma data qualquer e não há nenhum interesse em estar no meio dos foliões.

Tudo é uma boa conversa e nas EBD Infantis não é diferente. Você professora precisa saber que não é uma recreadora de crianças. Você é uma evangelista infantil e é sua responsabilidade orientar seus alunos de forma a entenderem a mensagem de Cristo diante do que verão em seu dia a dia!

Acreditamos que a conversa sem pressões é a melhor arma para matar qualquer desejo carnal nesta época. 

Se você não vai viajar e seus alunos também não irão... Crie aulas dinâmicas e alegres. Use a CRIATIVIDADE! No Carnaval usam fantasias. Prepare fantasias de época do hebreus. Use instrumentos: pandeiros, triângulos, ganzás... Além, claro, de colocar louvores animados e de confeccionar cartazes e visuais que contenham a leitura bíblica do dia, reforçando que a idolatria é algo abominável aos olhos do ABA. Uma coreografia em que as crianças possam dançar sem receios é uma ação muito proveitosa. O quebra-gelo inicial só depende de você!

O importante é que as crianças percebam que precisamos nos reunir em nossas igrejas ou retiros, assim como as pessoas se reúnem em prol do Carnaval. E se elas não possuem condições para estarem em suas igrejas, por serem longe ou haver bloqueios de rua que as impeçam de ir... Que a fé esteja inabalável! Que se não podem ir a um retiro, que façam ACAMPA DENTRO em seus lares... O momento de oração é muito importante também. É preciso deixar bem claro que Deus as entende, que o Senhor é o melhor amigo e que Jesus nos salvou na cruz para que não nos misturássemos com este Mundo. 

É preciso explicar às crianças, porque há artigos de Carnaval nas lojas, o porquê dos comerciais nas TV´s, as músicas tocando nas ruas... E, em nosso caso aqui no Rio, explicar porque nossas ruas são fechadas ao trânsito e como esta festa interfere em nosso dia a dia.

A Palavra do Senhor é clara: "Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome." (Salmo 103.1). Então, é preciso expor este versículo como uma verdade! Em que o Carnaval bendiz a Deus? Como participar desta festa pode me fazer bendizer ao Senhor e agradá-lo? Tome a Comunidade da Zona Sul como exemplo e mostre fotos do desfile e qual o objetivo: GANHAR ALMAS PARA CRISTO!


Que ensinemos mais crianças a orar. Que ajudemos as mesmas a se afastarem do PECADO que nos afasta de Deus! 

Entenda: seja natural em explicar. Não tenha receio! Não fique constrangida (o). Não adianta ser muito específico com crianças. Você precisa mostrar tudo na prática. Um DVD para finalizar sua aula "falaria" tudo! Por isso, escolha um bem animado! Mais uma vez... Use fantasias: pastores, gigantes, peixes, animais... Trabalhe Daniel e os três amigos, O Bezerro de Ouro... Fale sobre idolatria de forma lúdica e criativa.

Esperamos ter ajudado você de alguma forma a explicar melhor sobre Carnaval as crianças, mas entenda que sem oração e jejum... Nada adiantará! Essa foi minha experiência e não quer dizer que servirá a você, mas vale como exemplo que deu certo.

16 comentários:

  1. SABIAS PALAVRAS EU TBM NAO GOSTO DE NADA NA MARRA SO DIZER NAO E PRONTO E ACABOU.EU ADMIRO CADA VEZ MAIS VC E TODA ESSA SUA SABEDORIA Q DEUS TE DEU.E DE CRISTAO COMO VC Q AS IGREJAS ESTAO PRECISANDO Q FALE A VERDADE SEM FANATISMO MAS CHEIA DO ESPIRITO DE DEUS.Q O NOSSO DEUS EM NOME DE JESUS ABENÇOE CADA DIA MAIS A SUA VIDA O SEU MINISTERIO E A SUA FAMILIA BJS NOS LINDINHOS!!NO MIGUEL DA UMA MORDIDINHA POR MIM KKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. Muito legal , o que vc fez e faz ,não adianta proibir hj independente da religião devemos conversar muito com nossos filhos,fazer o contrario do que fizeram conosco,só ensinaremos o certo conversando mesmo e mostrando o porque não queremos ou podemos fazer certas coisas...bjs

    PS: muda esse papel de parede pq eh muito ruim de ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Fabiana! Quanto ao papel de parede, estou em estudo, poque esse layout não é meu. É do Google. Vou mudar assim que acabar de criar um exclusivo.

      Excluir
  3. Obrigada Michelle por seu comentário. Eu tento apenas fazer o que gostaria que meus pais tivessem feito por mim. Apesar de serem católicos viviam em Centros espíritas e em Salões do Reino das Testemunhas de Jeová e, muitas vezes, eu fui obrigada a acompanhá-los... Assim como fui proibida de ir a lugares que gostaria.

    Considero-me uma afortunada por Deus ter me pescado ao Reino dEle. Só desejo que meus filhos queiram estar na presença do Senhor por sua própria vontade e não porque eu os levo.

    Esse blog é uma descontração para mim. Um desafio e uma responsabilidade enorme! Mais uma vez obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Gracias Patricia por este tema del Carnaval, muy oportuno !
    Dios te bendiga querida y bendiga tu familia y ministerio.
    BESOS:
    Lupe Correa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Lupe, tuve un pequeño problema técnico y no podía responder a las críticas. Sólo que ahora ha resuelto. Lo siento por el retraso. Gracias por su visita!

      Excluir
  5. Gostei da sua publicação, estou montando um projeto sobre as datas pagãs, justamente para explicar as crianças os motivos que ela representam e com a biblia aborda. Porém devemos ter muita sabedoria quando expomos pessoas a locais assim para evangelização, é um trabalho maravilhoso mas as pessoas devem estar totalmente em busca constante e ligadas intimamente com o Senhor. Pois, devemos trazer as pessoas do mundo para o Senhor e não as coisas do mundo para as nossas vidas e famílias.
    A paz e muita benção
    Renata QuinBal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo, eu estava com um problema técnico e não conseguia responder os comentários. Só agora foi resolvido. Desculpe a demora. Obrigada pela visita! Concordo com que expôs, por isso, só indico fazer o que fiz com meu filho se a pessoa que discipula tem base para orientar quem leva a um lugar desses. Eu conversei com meu filho várias vezes antes de levá-lo. Hoje, ele tem oito anos e nenhum interesse em estar no Carnaval. Não o obrigo a nada! Oriento! Ensino a tomar decisões corretas e, se errar, assumir as consequências. O mesmo devemos fazer com quem discipulamos para que o MUNDO não entre em nossa vida, mas nós possamos arrebatar das mãos de Satanás às vidas aprisionadas por ele.

      Excluir
  6. Olá!
    O que você acha da criança participar de festa a fantasia na escola na semana do carnaval?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meus filhos faltam neste dia! Não levo! No entanto, como disse na postagem e nos comentários. Conversamos muito antes. Adriel vai fazer 10 anos e não tem nenhum interesse neste assunto ou data. Escolha dele. Meu pequeno de três anos, Miguel, evito levar à creche. Nada contra a fantasia, pois acho o maior barato fazer festinha assim. Fazer foto maluca! No entanto, não indicamos se o objetivo da fantasia ou festa se remete ao Carnaval que é uma festa pagã de cunho muito antigo e que, infelizmente, quase ninguém sabe o real significado de seus festejos. Preferem dizer que é um ato cultural. Cabe aos pais de cada criança decidirem. O que recomendo é o que faço com os meus. Falo abertamente, mostro fotos, mostro vídeos e à luz da Palavra de Deus os oriento. Se um dia resolverem ir a uma festa por conta própria, as consequências do pecado serão só deles. Minha parte que é a de orientar e discipulá-los, essa eu faço!

      Excluir
  7. Estava procurando assuntos relacionados ao carnaval para dar aula na EBD, pois estava muito preocupada com esse assunto, pq aquilo q vamos dizer para uma criança ficará em sua memória por toda vida...então devemos pedir a direção de Deus para conduzi-los com sabedoria. Q Deus continue os abençoando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eliana, recomendo sempre que conversem. Que mostrem fotos e vídeos e que trabalhem as fantasias como teatrais, pois aí podemos trabalhar melhor o conteúdo bíblico.

      Excluir

Agradecemos o seu comentário. Ele será publicado, após moderação. Lembre-se de que crianças acessam este espaço, então, comente com educação e respeito. Não deixe de nos visitar novamente. Divulgue os textos com os devidos créditos. Se houver alguma foto de sua autoria, nos informe pelo e-mail com link para averiguação. Muitas das fotos aqui expostas foram tiradas das imagens do Google. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge