II Seminário Missões Com Crianças.

II Seminário Missões Com Crianças.
Participe e nos ajude a levar doações aos nordestinos em janeiro de 2018!

Translate/Tradutor

14 de maio de 2017

Formando caráter divino nas crianças através de recursos com feltro.



Quando pensamos em casulo e borboleta,podemos imaginar vários planos de aula para EBD com crianças. Isso, porque é muito importante ensinarmos as verdades bíblicas para as crianças, principalmente, ensinarmos sobre a nossa nova vida com o Senhor Jesus, formando nelas o caráter de Deus.

Estivemos visitando um blog muito criativo, o BLOG DA TIA ALÊ, que tem muitos artigos com feltro. Neste blog encontramos uma forma de exemplificar essa nova vida em Deus. Vamos usar o exemplo da borboleta no casulo? Não há um exemplo melhor que esse para fazer nossos pequeninos entenderem essa maravilha de Deus, que é o novo nascimento!

Para confeccionar esse recurso iremos utilizar feltro de várias cores, linha e agulha para bordar e também um pouco de enchimento e alguns botões.



Recorte o molde abaixo no feltro. Note que o corpinho da borboleta foi cortado duas vezes.



Depois, costure as duas partes coloridas como nas figuras acima. Antes de fechar a costura, encha com um pouco de algodão para enchimento ou estopa

Agora costure o corpinho, um de cada lado e os botões nos cantos. Costure também um pedaço de fita ou barbante.


Corte uma "bolsinha"no feltro marrom e costure, pois esse será o casulo. Costure a outra ponta da fita dentro dele...



Agora é só enrolar a borboleta e escondê-la dentro do casulo. Assim ao ensinar as crianças, você vai tirando a borboleta aos poucos de dentro do casulo...





Fonte do passo a passo com o feltro provém do Blog da Tia Alê: 

Abaixo, deixamos um exemplo de história que você pode contar durante a ministração com a borboleta e o casulo ensinados por Tia Alê através do feltro.

I - A história da lagarta que se transformou numa linda borboleta

Uma lagartinha vivia em uma horta. [Mostrar a lagartinha]. Ela era muito feia. Passava o dia comendo e destruindo as verduras, que ficavam assim [mostrar o talo de couve]. Um dia ela começou a produzir um fio de linha bem fininho e se enrolou nele. [Enrolar a lagartinha no fio de linha]. Aquele fio se transformou em uma casinha. [Mostrar o “casulo”]. Ela ficou dormindo lá por algum temo e depois saiu bem devagarzinho. [Tirar a borboleta de dentro do rolo]. Mas não era mais aquela lagarta feia e destruidora. Era uma linda borboleta, que saiu voando, visitando as flores. Ela era uma nova criatura!

Jesus disse que para ter a vida eterna precisamos nascer de novo. Não é nos tornarmos bebezinhos outra vez. É que o Espírito Santo faz uma transformação tão grande no coração da pessoa que parece que ela é outra. Tudo fica diferente na vida de quem nasceu de novo. Quem mentia, não mente mais. Quem odiava, não odeia mais. Quem dizia nome feio, não diz mais. Quem era briguento, fica bonzinho. 

A Bíblia diz assim:  “Se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. ” 2 Coríntios 5:17. [Se as crianças forem muito pequenas, memorizar apenas a primeira parte]. Recitar o verso com as crianças por três vezes. Depois, colocar a borboleta no casulo e retirá-la enquanto recitam. Repetir o processo até memorizarem o verso.

APLICANDO:
 O novo nascimento acontece na vida das pessoas que deixaram o caminho do pecado e resolveram andar no caminho da salvação. Para andar pelo caminho da salvação é preciso fazer três coisas: 
1 - admitir que é pecador e  arrepender-se, ficar triste pelos seus pecados; 
2 - Confessar seus pecados e se humilhar, pedindo perdão por eles; 
3 - Converter-se, ou abandonar os pecados, saindo do caminho do pecado e entrando no caminho da salvação. 

Quando isso acontece a pessoa fica muito diferente, como se tivesse nascido de novo. Você pode mostrar a lagarta e a borboleta no feltro.

II  - O casulo e o novo nascimento

               "Jesus respondeu e disse-lhe:Na verdade,na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o reino de Deus" (João 3.3).


A lagarta precisa passar por um processo antes de se tornar verdadeiramente borboleta. Tem de conseguir romper o casulo para iniciar voo.

O processo de transformação (lagarta-borboleta), se da lentamente, já a libertação da borboleta do casulo deve ser de uma só vez.

Não se pode "ajudar" uma borboleta a nascer, pois ela não reuniria forças o bastante para voar, pelo contrário, se tornaria incapaz de voar.

O novo nascimento é bem parecido com esse processo. Podemos ouvir a Palavra de Deus, receber ajuda de outras pessoas para conhecer melhor a Palavra, podemos ser ajudados a atravessar os momentos difíceis, porém ,cabe exclusivamente ao próprio homem escolher o caminho a seguir.

"De maneira que cada um dará conta de si mesmo a Deus" (Rm. 14.12), ninguém pode tomar essa decisão no seu lugar, ela é individual. Se alguém o fizer por você, será tal qual o processo de voo forçado da borboleta para sair do casulo, não produz vida.

Cristo é esse casulo que envolve o ser transformando-o até que ele esteja pronto e livre para voar.

Este texto foi retirado do site: <http://www.atendanarocha.com/2008/03/o-casulo-e-o-novo-nascimento.html> Acesso em 14/5/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário. Ele será publicado, após moderação. Lembre-se de que crianças acessam este espaço, então, comente com educação e respeito. Não deixe de nos visitar novamente. Divulgue os textos com os devidos créditos. Se houver alguma foto de sua autoria, nos informe pelo e-mail com link para averiguação. Muitas das fotos aqui expostas foram tiradas das imagens do Google. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Badge